Skip to main content
Marketing

A sem-vergonha Gina conquista a Prata nos prémios CCP

14.07.2022 MARKETING

A sem-vergonha Gina conquista a Prata nos prémios CCP

Sara Alves
Account Manager & Copywriter

Sem vergonha. Nem sem pedir licença.

Foi assim que a Gina, uma sex-shop online especialmente pensado para mulheres livres que querem dar voz ao seu prazer, conquistou a Prata no 24º Festival do Clube dos Criativos Portugal (CCP), um evento que todos os anos premeia o que melhor se faz em Portugal a nível de Publicidade e Design.

Foi na categoria Publicidade, especificamente na sub-categoria Craft – Copy em Publicidade, que a Gina conseguiu levar a Prata. O mesmo projeto ficou ainda na shortlist na categoria de Design – Branding Naming.

Lista completa de menções e prémios atribuídos:

G. CRAFT. Copy em Publicidade

OURO – PARTNERS – Wave by wave – DE FATO SOMOS TODOS IGUAIS
PRATA – MOB Agency – Gina – Gina
PRATA – Stream and Tough Guy – TOWORKFOR – Risky Advertising
BRONZE – JUDAS – FNAC – FNAC Rádios Preços Declamadamente Baixos
SHORTLIST – Stream and Tough Guy – TOWORKFOR – Risky Advertising – Produto
SHORTLIST – Uzina – IKEA – Cuidado
SHORTLIST – Wunderman Thompson – Vodafone – Começar de Novo

A. BRANDING. Naming

PRATA – Pedro Farelo Brand Studio – Upiopi – Upiopi
BRONZE – Funnyhow – Ão-Ão – Ão-Ão
BRONZE – Deadinbeirute™ – Arranha-Céus – Cadáver Esquisito – Cerveja Literária
SHORTLIST – MOB Agency – Gina – Gina

“Não celebrei a prata, nem a shortlist. Não quero que celebrar segundos lugares e nomeações se torne um hábito. Celebramos quando ganharmos”.

“Somos competitivos e isso estende-se aos nossos clientes. Vamos celebrar sempre que levarmos o Ouro em festivais ou sempre que os nossos clientes estejam a ganhar aos seus concorrentes. Por agora, o trabalho ainda não terminou.” Ivo Gomes, CEO da MOB

Quem é a Gina?

A Gina foi pensada e idealizada para as mulheres livres, fortes, talentosas, revolucionárias, brilhantes, sexy, expressivas, de todas as formas e orientações sexuais

A Gina encoraja todas as mulheres a afirmarem o seu direito ao prazer.

Vê o manifesto da Gina na íntegra.