Skip to main content

Parecia, não parecia? Mas já que aqui estás... Somos um colectivo de poucos. Semeamos ideias e colhemos resultados. Acreditamos em soluções que vingam à boleia de estratégias. Fazemos da liberdade de expressão bandeira e vivemos para simplificar processos.

Notícias

Vale a pena criar um blog? Descobre o dinossauro que o teu negócio precisa

By 13 de Outubro, 2021No Comments

31.03.2021. MARKETING

Vale a pena criar um blog? Descobre o dinossauro que o teu negócio precisa

Sara Alves
Account Manager & Copywriter

Há uns meses pedi-vos que deixassem de matar o Facebook. Hoje peço-vos que façam nascer e crescer blogs. Sim, esses dinossauros quase contemporâneos do nascimento da própria Internet. Não pela demografia digital, mas pela saúde do vosso negócio.

E vocês perguntam – e bem – ainda vale a pena criar um blog quando existem tantos: são 600 milhões em todo o mundo. A pergunta é boa e a resposta não traz rasteira.

A oferta é mais do que muita e a concorrência é feroz, mas há sempre espaço para bom conteúdo. Na verdade, conseguirá singrar nesta esfera quem entregar um conteúdo único, relevante e com valor agregado para o consumidor. Confuso? Vamos simplificar.

Não grites mais alto, grita melhor

Mais do que criar só por criar, é importante criar conteúdo valioso. Algo que diferencie um negócio ou uma marca. Algo que não vá encontrar noutro espaço. Num mundo onde todos gritam, é crucial não tentar gritar mais alto, mas gritar melhor.

Por exemplo, pensem num blog de viagens. Quando pesquisamos sobre um destino, encontramos dezenas de correspondências em blogs. Dizem-nos o que ver, onde comer, mas são poucos os que nos dizem qual é o melhor trajeto de autocarro para chegar até ao centro da cidade. Melhor, onde comprar os bilhetes. Ou se é possível fazê-lo online.

São este tipo de conteúdos específicos e direcionados, muitas vezes em jeito de dica e que quase sempre vão ao encontro de problemas comuns, que interessam ao consumidor e que o farão optar pelo teu conteúdo em vez de ir bater a outra porta.

Parte da experiência que usas todos os dias

Criar um conteúdo autêntico e relevante não é tão difícil quanto parece, uma vez que o valor acrescentado nasce, na maioria das vezes, do conhecimento que todos os dias é utilizado no próprio negócio. Se tens um negócio sobre cerveja, facilmente saberás que tipo de cerveja cai bem com carnes vermelhas. Mas o consumidor comum não sabe. Por isso, dá-lhe essa informação. Se tens uma padaria, partilha receitas rápidas e práticas ou dicas sobre como manter as propriedades do pão durante mais tempo.

E não, não estarás a entregar o ouro ao bandido. Esta produção de conteúdo não deve nunca ser vista como uma ameaça ao negócio, mas antes como uma oportunidade de o fazer crescer: os conteúdos criados vão aparecer como resultado na pesquisa do Google (+ tráfego), reforçando o posicionamento da marca (+ autoridade) e envolvendo mais pessoas (+ contactos) que, no futuro, até se podem tornar clientes.

Os resultados serão tanto melhores quanto a qualidade do conteúdo que for entregue. Por isso, vale a pena criar um blog.

Não quero com isto tornar-me num guru do Marketing Digital – até porque nem há espaço para mais nenhum no LinkedIn -, mas pensem: se o blog não fosse uma boa ferramenta, alguém me pagaria – neste caso uma empresa de Marketing Digital – para o alimentar?